fbpx

Para os produtores, os problemas da cadeia de suprimentos têm sido a principal preocupação nos últimos anos, e este ano se mostrou pior. Enfrentando a escassez global de fertilizantes e os custos crescentes, os produtores foram forçados a entrar em estado de alerta para garantir que tenham os insumos necessários para cultivar uma safra bem-sucedida. Agora, mais do que nunca, os produtores procuram ser mais sustentáveis, lucrativos e produtivos.

A boa notícia é que os produtores podem não precisar comprar tanto quanto pensam e podem acessar ferramentas para otimizar tudo o que compram. Aproveitando os avanços na tecnologia agrícola, os agricultores podem reduzir os custos de insumos enquanto aumentam os rendimentos, enriquecendo seu solo e garantindo o maior valor de seu investimento em insumos.

Abaixo, abordamos cinco maneiras pelas quais os produtores podem otimizar seus investimentos em insumos nesta safra:

1. Entenda o solo

Ter resultados precisos de amostras de solo é fundamental para o gerenciamento eficaz de insumos. A análise de solo fornece uma compreensão detalhada de quanto do insumo da safra passada ainda está disponível no solo para as culturas da safra atual. Ao analisar os nutrientes existentes, os agricultores podem otimizar o uso de insumos e evitar colocar fertilizantes onde não são necessários, mantendo assim os custos mais baixos.

Embora a amostragem de solo tenha ganhado a reputação de ser trabalhosa e cara, os avanços na tecnologia aumentaram o acesso dos produtores a opções mais econômicas e amigáveis ​​ao solo. Entre os exemplos, temos a amostragem de solo baseada em zonas – direcionada por mapas de talhões detalhando pontos específicos do solo em zonas de alto e baixo potencial.

Práticas como essas não são apenas mais baratas, mas também melhores para o meio ambiente, apoiando as metas globais de sustentabilidade. 

2. Usando menos, ganhando mais

A Tecnologia de aplicação em Taxa Variável (VRT) é usada há mais de vinte anos e é uma ferramenta agronômica comprovada. Usando um mapa de taxa prescrição, os produtores podem ver produtividades mais altas em seus talhões e economizar com a aplicação mais baixas de insumos.

Combinando dados de amostragem de solo, imagens de satélite e registros históricos, o Farmers Edge ajuda os produtores a construir um plano agronômico avançado que se alinha com as metas exclusivas de produtividade e lucratividade da fazenda.

Os agricultores recebem prescrições de taxa variável que detalham a aplicação de insumos em zonas do talhão específicas, categorizadas em uma escala de áreas de alto e baixo desempenho do talhão. Tratar cada área do talhão de forma diferente permite que os agricultores garantam que estão aplicando exatamente o que é necessário e onde é necessário, reduzindo os custos sem sacrificar a lucratividade.

Se você usa a Tecnologia de aplicação em Taxa Variável ou gerenciamento de nutrientes em taxa fixa, encontre o programa de fertilidade certo para sua fazenda aqui.

3. Deixe os dados fazerem o trabalho

Quando usado corretamente pelo produtor, o valor dos dados não tem preço. Os dados da fazenda impulsionam a tomada de decisões mais assertivas: seleção de sementes, planejamento de fertilidade, gerenciamento na safra, comercialização de grãos e muito mais. Mas, para que os dados gerem valor, eles devem ser acessíveis e elucidativos, e isso significa facilitar a visualização, a análise e o compartilhamento de forma segura e contínua.

FarmCommand® —plataforma digital completa da Farmers Edge® — reúne dados centrados no talhão de estações meteorológicas instaladas na fazenda, dispositivos de telemáticos universais, imagens de satélite de alta resolução e frequência e análise de solo. A plataforma transforma automaticamente os dados em insights, análises, relatórios detalhados, mapas dos talhões, modelos preditivos para estágios de crescimento, análise de lucratividade e muito mais.

Com todos os dados em um só lugar, os produtores podem impulsionar a produção sustentável de grãos de alta qualidade e baixa pegada de carbono com total transparência do campo ao mercado.

4. Compre o produto, não o rótulo

Não é nenhum segredo que os produtos de marca vêm com preços mais altos. Assim como grandes varejistas vendem suas marcas genéricas de produtos altamente conhecidos a um preço mais baixo, os fabricantes agrícolas também têm opções de insumos com preços mais baixos para os produtores. Plataformas, como Orbia e Broto, fornecem acesso conveniente a insumos agrícolas de alta qualidade, incluindo fertilizantes, herbicidas, fungicidas, reguladores de crescimento de culturas, dessecantes, óleos, lubrificantes, e claro as soluções Farmers Edge e muito mais. Além disso, essas plataformas podem fornecer informações valiosas sobre manejo da lavoura. Com o plano agronômico certo em mãos, os produtores podem economizar dinheiro no ponto de venda e durante a safra utilizando o resgate de pontos na plataforma comprando marcas famosas e genéricas de varejistas e fornecedores confiáveis.

Broto: Seu Jeito Digital de Fazer Agro! | Plataforma Broto. Seu jeito digital de fazer agro.

Orbia: Orbia – Você e o agronegócio acontecem aqui.

5. Seja recompensado pelo uso aprimorado de insumos

Quando os produtores utilizam práticas sustentáveis, como a aplicação a Taxa Variável (VRT), manejo de nutrientes, amostragem de solo, plantio direto e muito mais, há oportunidades de receber dinheiro de volta em seus bolsos. A sustentabilidade tem um preço, e os agricultores estão colocando esforço adicional para garantir que estão produzindo culturas da mais alta qualidade, com baixo carbono e amigáveis ​​ao clima. De subsídios governamentais a oportunidades recém-criadas no mercado de carbono, os agricultores poderão ser pagos para aumentar a produção de alimentos de forma sustentável. Ao gerenciar conjuntos de dados em tempo real coletados passivamente da fazenda, os produtores podem perfeitamente validar práticas para criar um ponto de entrada no mercado de carbono e em breve obter receita adicional. A escolha do programa certo depende inteiramente das necessidades exclusivas de cada fazenda. De compromissos de 1 a 100 anos, os produtores devem explorar opções que sejam fáceis de implementar, focadas no retorno sob investimento (ROI) e que encaixem melhor com os objetivos de longo prazo de sua operação.

Sem nenhum sinal de redução dos custos de insumos no horizonte, os produtores devem fazer tudo o que puderem para otimizar seus investimentos. Ao utilizar dados da fazenda, créditos de carbono, hábitos de compras inteligentes e práticas agronômicas sustentáveis, os produtores estão mais bem equipados para maximizar seu investimento em fertilizantes, proteger sua lucratividade e impulsionar a produtividade de longo prazo da fazenda.